O que é o homem na Filosofia?

Filosofia: O que é o homem?

Do latim “humanitas”, o termo se traduz como natureza humana, cultura geral da mente. Humanitas é o caráter do que é humano. Designa também os “homens” em geral, o gênero humano considerado em sua unidade. A maioria dos filósofos define como humano qualquer ser dotado de razão. “O que é o homem?” é a questão metafísica por excelência. Também deve ser notado que a definição de homem preocupa os cientistas.

Entre os gregos, o objetivo da filosofia era ensinar ao homem como se tornar humano, ou seja, como “se apegar” à natureza humana (e suas virtudes), enquanto os modernos, desde Nietzsche, moveram a questão da seguinte maneira: como pode o homem, fora de toda a natureza humana, tornar-se ele mesmo, inventar-se em total liberdade?

Definições do homem pelos Filósofos:

– Simone de Beauvoir:

“A humanidade é uma série descontínua de homens livres irremediavelmente isolados por sua subjetividade”. – Husserl sobre o homem:

“Cada figura espiritual é situada por natureza no espaço da história universal […]. Este processo faz com que a humanidade apareça como uma única vida envolvendo homens e povos e ligada apenas por traços espirituais: envolve uma multiplicidade de tipos de humanidade e cultura, mas que, por transições imperceptíveis, se fundem umas nas outras”.

– Nietzsche sobre a noção de homem e humanidade:

“Humanidade! Já houve, entre todas as velhas, uma velha mais horrível (se não talvez a verdade; um problema para os filósofos?”.

“O homem é uma corda estendida entre o animal e o super-homem, uma corda sobre um abismo”

– Merleau-Ponty sobre a historicidade do homem:

“O homem é uma ideia histórica e não uma espécie natural”.

– Sartre:

“O homem não é senão o seu projeto, só existe na medida em que se realiza, não é, portanto, senão o todo” (trecho de existencialismo é um humanismo).

– Heidegger:

“O homem é um ser distante”.

– Pascal:

“O homem é apenas um caniço, o mais fraco da natureza; mas ele é um caniço pensante. O universo inteiro não deve se armar para esmagá-lo: basta um vapor, uma gota d’água para matá-lo. Mas quando o universo o esmagasse, o homem seria ainda mais nobre do que aquilo que o mata, porque ele sabe que está morrendo, e a vantagem que o universo tem sobre ele, o universo não sabe de nada” (explicação do caniço pensante).

Written By
More from Ana Catarina
50 Frases Famosas de Filosofos
Frases Filosóficas Mesmo que não possamos resumir a história da...
Read More
Leave a comment